Seminários de doutorado

IH 1532

Disciplina obrigatória do Doutorado
Número de créditos: 3
Horas aula: 4 (2 teóricas e 2 práticas)
Professores responsáveis : Maria José Carneiro e Leonilde Medeiros.

Objetivos

A partir dos temas trazidos pelos alunos e que serão objetos de suas respectivas teses, pretende-se problematizar algumas questões centrais da construção do objeto de pesquisa nas Ciências Sociais, bem como discutir alguns temas relacionados à produção de dados.

Ementa

A construção do objeto e do problema da pesquisa, sua relevância, suas hipóteses e o quadro teórico e conceitual; os instrumentos e procedimentos de pesquisa, coleta e análise de informações. Ao longo do curso serão discutidos temas centrais com que se defronta a pesquisa em Ciências Sociais de forma a estabelecer um diálogo constante entre o próprio processo de elaboração dos objetos de tese e questões teórico-metodológicas envolvidas na pesquisa.

Bibliografia

ALBERTI, Verena. Histórias dentro da história. In: PINSKY, C. B. (org.) Fontes históricas. São Paulo, Contexto, 2008.
ALBERTI, Verena. Manual de história oral. Rio de Janeiro, FGV, 2004.
ARBORIO, Anne-Marie. L’enquete et ses méthodes: l’observation directe. Paris, Nathan Université, 1999.
BACELLAR, Carlos. Uso e mau uso dos arquivos. In: PINSKY, C. B. (org.). Fontes históricas. São Paulo, Contexto, 2008.
BEAUD, Stéphane e Weber, Florence. Guia para a pesquisa de campo. Produzir e analisar dados etnográficos. Petrópolis, Vozes, 2007.
BECKER, Howard. Métodos de pesquisa em ciências sociais. São Paulo: Hucitec, 1993, cap. 4. A história de vida e o mosaico científico. p. 101-115.
BECKER, Howard. Falando da sociedade: ensaios sobre as diferentes maneiras de representar o social. Rio de Janeiro, Zahar, 2009.
BOURDIEU, P. “Linguagem e poder simbólico”. In: Bourdieu, P. A economia das trocas linguísticas. São Paulo, Edusp, 1996.
BOURDIEU, P.; Chamboredon, J. C; Passeron, J.C. El oficio de sociólogo, Mexico, Siglo Veinteuno Editores, 1978, 2ª ed. (há edição em português): Introdução, parte 1 (A ruptura), parte 2 (A construção do objeto), parte 3 (O racionalismo aplicado), Conclusão (Sociologia do conhecimeto e epistemologia).
BOURDIEU, Pierre. Introdução a uma sociologia reflexiva. In: O Poder Simbólico, São Paulo/Lisboa: Bertrand Brasil/Difel, 1989.
BOURDIEU, Pierre. A ilusão biográfica. In: FERREIRA, M. M. e AMADO, J. (orgs.). Usos e abusos da história oral. Rio de Janeiro, FGV, 1997.
CARDOSO, Ruth (org) A aventura antropológica. Teoria e pesquisa. Rio, Paz e Terra, 1986.
CARVALHO, Isabel C. Moura. Biografia, identidade e narrativa: elementos para uma análise hermenêutica. Horizontes Antropológicos. Porto Alegre, Ano 9, no 19, julho de 2003. p. 283-302.
CASTEL, Robert. “La sociología y la respuesta a la demanda social” in Lahire, Bernard (org). Para qué sirve la sociología? Bs. Aires, Siglo XXI, 2006.
CHAMPAGNE, Patrick. A ruptura com as pré-construções espontâneas ou eruditas. In: Champagne, P. et allii Iniciação à Prática Sociológica, Petrópolis, Vozes, 1998.
COPANS, J. L’enquête ethnologie de terrain. Paris, Nathan Université, 1999.
CORCUFF, Philippe. Sociologia y compromisso: nuevas pistas epistemológicas después de 1995. In Lahire, Bernard (org). Para qué sirve la sociología? Bs. Aires, Siglo XXI, 2006.
FERREIRA, Marieta de Moraes e Janaína Amado. Usos e abusos da história oral. Rio de Janeiro, FGV, 2005.
FLICK, Uwe. Entrevista episódica. In: Bauer W. Martin e George Gaskell (Orgs.). Pesquisa qualitativa com texto, imagem e som. Petrópolis, Vozes, 2008.
Giddens, Anthony. O que é ciência social? In: Giddens, A. Em defesa da sociologia. Ensaios, interpretações e tréplicas. São Paulo, Edunesp, 2001.
GILL, Rosalend. Análise de discurso. In: Bauer W. Martin e George Gaskell (Orgs.). Pesquisa qualitativa com texto, imagem e som. Petrópolis, Vozes, 2008.
GINZBURG, Carlo; Castelnuovo, E.; Poni, C. O inquisidor como antropólogo: uma analogia e as suas implicações. A micro-história e outros ensaios. Rio de Janeiro, Bertrand Brasil, 1989.
GINZBURG, Carlo. Sinais: raízes de um paradigma indiciário. In: GINZBURG, C., Mitos, emblemas e sinais – morfologia e história. São Paulo, Cia das Letras, 1999.
HAGUETTE, Teresa M. F. Metodologias qualitativas na sociologia. Petrópolis, Vozes, 1987.
JOVCHELOVITCH, Sandra e Martin W. BAUER. Entrevista narrativa. In: Bauer W. Martin e George Gaskell (Orgs.). Pesquisa qualitativa com texto, imagem e som. Petrópolis, Vozes, 2008.
Lenoir, Remi. Objeto Sociológico e problema social. In Champagne, Patrick et al. Iniciação à Prática Sociológica, Rio de Janeiro, Vozes, 1998.
LOIZOS, Peter. Vídeo, filme e fotografias como documentos de pesquisa. In: Bauer W. Martin e George Gaskell (orgs.). Pesquisa qualitativa com texto, imagem e som. Petrópolis: Vozes, 2008.
MAGNANI, José G. C. Etnografia como prática e experiência. Horizontes Antropológicos, Ano 15, n. 32, jul/dez 2009. Ver: http://www6.ufrgs.br/ppgas/ha/index.html
MARCUS, George. “Ethnographie du/dans le ystème-monde. L’émergence d’une ethnographie multisitué. In: Daniel Cefaï (org.) L’engagement ethnographique. Paris. EHESS, 2010.
MERLIÉ, Dominique A construção estatística. In: Champagne, P. et allii Iniciação à Prática Sociológica, Petrópolis, Vozes, 1998.
MERLIÉ, Dominique. A construção estatística. In: Champagne, P. et al. (orgs.). Iniciação à prática sociológica, Petrópolis, Vozes, 1998.
MINAYO, Maria Cecíloa. D. S.; SANCHES, Odécio. Quantitativo-qualitativo: oposição ou complementaridade? Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 9, n. 3, 239-262, 1993.
PEIRANO, Mariza. A favor da etnografia. Rio de Janeiro, Relume Dumará, 1995.
POLLACK, Michael. Memória e identidade social, Estudos Históricos, 10, 1992.
PORTELLI, Alessandro. O massacre de Civitella (Toscana: 29 de junho de 1944): mito, política, luto e senso comum. In: FERREIRA, Marieta de Moraes e Janaína Amado (orgs). Usos e abusos da história oral. Rio de Janeiro, FGV, 2005.
PORTELLI, Alessandro. O que faz a história oral diferente. Projeto História, n. 14. p. 15-40.
QUEIROZ, Maria Isaura P. Relatos orais: do dizível ao indizível. In: VON SIMPSON, O. de M. (org.). Experimentos com história de vida. São Paulo, Vértice, 1988.
ROCHA, Decio; DEUSDARÁ, Bruno. Análise de conteúdo e análise do discurso: aproximações e afastamentos na (re)construção de uma trajetória. Alea, v. 7, n.2, dez. 2005, p. 305-322.
SANTOS, Boaventura de Sousa. A gramática do tempo. Para uma nova cultura política. São Paulo, Cortez, 2006. Cap. 2. “Uma sociologia das ausências e uma sociologia das emergências”.
SINGLY, François de. L’enquete et ses méthodes: Le questionnaire. Paris, Nathan Université, 1999.
THILLENT, Michel. Crítica metodológica, investigação social e enquete operária. São Paulo, Polis, 1982.
THOMPSON, Edward. P. A miséria da teoria. Rio de Janeiro, Zahar, 1981. p. 13 a 62.

Últimas Notícias

Hoje (05/agosto, 16h30): debate on-line do CEA sobre “Trabalho e Cuidado em Tempos de Pandemia” e com Helena Hirata (Pesquisadora Emérita do CNRS/França e professora de Sociologia da USP)

O próximo debate promovido pelo Centro de Estudos Avançados (CEA/UFRRJ) terá o tema “Trabalho e Cuidado em Tempos de Pandemia” leia mais

05/08/2020 - 09:54

Inscrições abertas para o Processo Seletivo 2021 do CPDA/UFRRJ para novos alunos dos cursos de Mestrado e Doutorado até 31/agosto

  As inscrições para o Processo Seletivo 2021 do CPDA/UFRRJ para novos alunos dos cursos de Mestrado e Doutorado já leia mais

31/07/2020 - 16:13

Grupo de Pesquisa “Discurso, Redes Sociais e Identidades Sócio-Políticas (DISCURSO)”

O Grupo de Pesquisa “Discurso, Redes Sociais e Identidades Sócio-Políticas (DISCURSO)”, vinculado ao Programa de Pós-Graduação de Ciências Sociais em leia mais

10/07/2020 - 11:07

Revista IDeAS: entrevista com Catia Grisa (UFRGS) a respeito dos impactos da pandemia do novo coronavírus para agricultura familiar e segurança alimentar

  Com os inúmeros impactos da pandemia do novo coronavírus (SARS-CoV-2), em todo o mundo, pesquisadores de todas as áreas leia mais

03/07/2020 - 09:43

Qualificações e Defesas de Doutorado e Mestrado de discentes do CPDA/UFRRJ agendadas para o mês de agosto

Seguem as qualificações e defesas de Doutorado e Mestrado de discentes do CPDA/UFRRJ agendadas, até o momento, para os meses leia mais

01/07/2020 - 09:15

Publicado na França, o livro “Ressources, inégalités et développement des territoires ruraux en Amérique latine, dans la Caraïbe et en Europe” tem capítulo escrito pelo prof. Sergio Leite (CPDA/UFRRJ)

  Publicado na França, o livro “Ressources, inégalités et développement des territoires ruraux en Amérique latine, dans la Caraïbe et leia mais

10/06/2020 - 09:50

mais notícias