Histórico

Histórico

NIT-UFRRJ

 

            O Núcleo de Inovação Tecnológica – NIT foi criado pela Deliberação nº 31, de 21/10/08, do Conselho Universitário/UFRRJ, estando vinculado à Pró- reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação – PROPPG. A partir da Deliberação nº 74, de 14/12/18, constante no Processo nº 23083.03662/2018-88, o NIT passou a estar vinculado à Vice-reitoria da UFRRJ.

             O Núcleo é responsável por gerir a política de inovação para promover a utilização do conhecimento científico, tecnológico e cultural produzido na universidade, em prol do desenvolvimento sócio-econômico sustentável do Estado do Rio de Janeiro e do país. Dessa forma,  o setor atua na proteção do patrimônio industrial e intelectual, efetuando todos os procedimentos necessários para o registro de patentes, marcas, direitos autorais de livros, softwares, músicas, dentre outros e ainda oferece apoio aos docentes, alunos e funcionários da Universidade na elaboração de projetos em parceria para melhor gerenciar as relações com os setores empresariais, bem como comunicar para a sociedade em geral o impacto e os benefícios das inovações guiadas pela ciência desenvolvida pelos pesquisadores da UFRRJ.   Sua criação, como órgão da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro para a promoção da inovação, foi proposta por uma Comissão que elaborou uma minuta de Resolução de criação por meio do Processo nº 23083.003973/2008-99. Tal comissão foi composta pelos seguintes professores:

Prof.ª Dr.ª Áurea Echevarria Aznar Neves Lima – ICE/DEQUIM

Profª. Dr.ª Cristina Maria Barra – ICE/DEQUIM

Prof. Dr. Luis Américo Calçada – IT/DEQ

Prof. Dr. Paulo Cosme – IM/DAT

Prof. Dr. Carlos Frederico Menezes Veiga – Campus Experimental Leonel Miranda.

       Após a apresentação do documento elaborado por essa Comissão em maio de 2008 e de uma ampla análise em várias instâncias deliberativas da UFRRJ, sua criação foi formalizada através da Deliberação UFRRJ no. 31 de 21 de outubro de 2008.

        Desde 2017, o NIT vem passando por um processo de reformulação e, por meio da Portaria nº 150, de 11/02/2019, foram instituídas suas novas coordenações, a saber, Coordenação Geral, Coordenação de Propriedade Intelectual e Transferência de Tecnologia, Coordenação de Estudos de Viabilidade Técnica e Econômica, Coordenação de Empreendedorismo e Ambientes de Inovação e Coordenação de Difusão da Cultura de Propriedade Intelectual e Inovação. 

Últimas Notícias

3ª edição do Curso Geral de Propriedade Intelectual DL101P BR

Curso Geral de Propriedade Intelectual à Distância – DL 101P BR  Abertas inscrições para a terceira edição de 2020 do leia mais

26/06/2020

Oficina Online Desenvolvimento de Projetos – 24/06/2020, 14h

Última Chance! *Oficina Desenvolvimento de Projetos* Já pensou em receber recursos de até R$ 500 mil para desenvolver uma tecnologia leia mais

23/06/2020

Lei de Acesso ao Patrimônio Genético para P&D no Brasil -18/06, às 18 h. Inscreva-se!

Participe do  próximo encontro no dia 18/06/2020, às 18:00 h, e saiba um pouco mais sobre os Impactos da Lei leia mais

16/06/2020

Loja de departamento é condenada em mais de R$ 269 mil por violar direitos autorais

A autora da ação também será indenizada em R$ 30 mil por danos morais Em ação ajuizada na 14ª vara leia mais

30/05/2020

Opinião: O impacto da covid no setor da propriedade industrial e intelectual

  A maioria dos governos tem à sua disposição medidas para a expropriação da patente Tal como noutros setores de leia mais

30/05/2020

VI ENPI – Encontro Nacional de Propriedade Intelectual: de 25 a 28/08/2020-online

DEVIDO AO COVID-19 O EVENTO OCORRERÁ ONLINE. O VI ENPI ocorrerá na UFRN, Natal, RN. Serão integrados em um só leia mais

30/05/2020

mais notícias